Como Fazer Um Blog: Segundo Passo

fazer um blog, segundo passoNo meu artigo anterior, (primeiro passo para fazer um blog) falamos sobre o planeamento do seu projeto, hoje vamos analisar qual é a melhor plataforma para fazer um blog e onde alojar o seu conteúdo para o tornar acessível e publico 24 horas por dia. Ou seja onde instalar plataforma de trabalho, escolher o nome de domínio e o alojamento

 

 

Plataforma a Utilizar

Antes de contratar um alojamento e um domínio, é necessário escolher uma plataforma para administrar todo o seu blog. A plataforma mais popular e o mais utilizada para fazer um blog é o WordPress(.ORG).  O WordPress tem a disposição milhares de temas e plugins gratuitos e pagos, é simples de utilizar e de configurar o SEO, o que é muito importante para receber tráfego gratuito dos motores de pesquisa.

Existem outras plataformas que podem ser usadas para fazer um blog, como o Joomla, Movable Type ou até mesmo o Drupal, mas o que recomendo, é mesmo o WordPress porque é a mais preparada para publicação de artigos.

O WordPress é uma plataforma gratuita que vai ser instalada no disco do seu alojamento. A instalação é muito simples, normalmente todas as empresas fornecem o alojamento com um programa previamente instalado que se chama cPanel, onde será instalada a plataforma WordPress(.ORG).

O cPanel é um software de gestão de alojamento. É como se fosse o Windows do seu computador, é um programa base que serve para fazer a automatização de todas as instalações no seu disco de alojamento.

Fazer a instalação de WordPress no cPanel é fácil e demora menos de um minuto. Se tiver alguma dificuldade peça a sua empresa de alojamento para o instalar previamente, que ela com certeza não irá cobrar nada por isso.

Calculo que a esta altura deve de estar a pensar nos serviços gratuitos como o blogspot ou WordPress.com, mas esses serviços são feitos para projectos amadores e temporários, ou para perceber mais ou menos como fazer um blog que funcione por capricho amador. Esses serviços têm poucas funcionalidades de SEO e estão muito desactualizados, alguns deles já tem vários anos em funcionamento, o que os torna exaustivos aos olhos do motor de busca.

 

Nome do Projeto / Registo do Domínio

Voltando a nossa ideia inicial e depois de ter escolhido a plataforma em que vai fazer um blog, tem que escolher o nome do seu projecto, nome do domínio a ser utilizado.

O nome do domínio, “nome do seu nicho de mercado” deve de estar relacionado com o produto que vai promover, de fácil memorização e curto, (no máximo duas palavras juntas). Repare que marcas como o Google, o facebook, o Twitter e outras marcas famosas têm nomes pequenos para que as pessoas não as esqueçam.

Este processo deve de ser acompanhado do registo do domínio, pois convém que o nome designado tenha um domínio disponível. Imagine que você vai fazer um blog sobre música para crianças e escolhe o nome música infantil. Convém que o endereço ” musicainfantil.com” também esteja disponível.

O domínio é o endereço do website (www.oseusite.com) e é indispensável ter um, para que os internautas possam visitar ao seu site. Os domínios são pagos e o preço varia conforme a extensão (.com, .pt, .com.br, .net, etc) geralmente não difere muito o preço da extensão de empresa para empresa.

O domínio normalmente é pago anual e costuma ser comprado no website da empresa de alojamento, juntamente com o plano de alojamento, mas o facto de ter comprado nessa empresa não obriga a estar sempre agarrado a ela. Se mudar de alojamento pode continuar com o mesmo domínio. Os domínios não necessitam de estar na mesma empresa onde está alojado o website.

É também recomendável usar uma extensão bastante conhecida. Os endereços com a extensão “.com” é a mais memorizável e conhecida a nível mundial, ao passo que os .info, .net, etc, por exemplo, são menos conhecidas e utilizadas.

Aconselho ainda que utilize uma extensão corrente e muito utilizada no seu país. Se está a fazer um blog destinado ao publico português de Portugal não faz sentido usar um .com.br, use em vez um .pt ou .com.pt. Em todos os casos o melhor é sempre usar o .com por ser os mais utilizados/conhecidos.

 

Empresa de Alojamento (Hospedagem)

O alojamento é um serviço contratado a uma empresa que comercialize esse serviço e serve para alojar o seu website na internet. É um serviço que é pago anualmente, mensalmente ou semestralmente conforme o tipo de pacote que a empresa comercialize.

Eu aconselho que o site seja alojado no país de onde vai receber mais trafego pois pelo que me parece o Google utiliza esse fator para posicionar o seu site nos resultados do motor de busca.

Os preços variam de empresa para empresa e de país para país. Na internet encontra-se algumas empresas que oferecem muito pouca qualidade. É preciso ter algum cuidado com planos de serviço baratos demais, esses planos baratos para gerarem lucro para a empresa de hospedagem são alojados em servidores partilhados e superlotados, levando muitas vezes a quebras do servidor e o seu website fica fora do ar.

 

Quais são as melhores empresas de hospedagem?

Existem mil e uma empresas de alojamento espalhadas pelo mundo. Eu por exemplo tenho o meu website alojado na ptwebsit desde que comecei a fazer o meu blog em 2011 e não chego a pagar 50 euros anuais. O serviço deles é muito bom porque sempre que existe algum problema, telefono e vejo o problema resolvido.

Neste momento faço parte de outro projecto que pago um bocadinho mais caro, mas tem outros serviços de qualidade associada e custa cerca de 80 euros anuais. Também existem bons alojamentos no Brasil, clique aqui e veja este artigo com as empresas que eu recomendo

 

Como sei se a empresa de alojamento é boa e de confiança?

Quando estiver a procurar por empresas de alojamento deve de procurar também opiniões (feedback) sobre elas. Para tal procure no Google pelo nome dessa empresa.

É importante também contactar a empresa mesmo que depois opte por outra, aqui na internet só existem compromissos depois de puxar do seu cartão e pagar.

No seu primeiro contacto com essa empresa verifique sempre: Se tem atendimento telefónico, O prazo de resposta dos emails, A forma como acolhem o cliente e como respondem as suas perguntas, Se o alojamento suporta a plataforma wordpress escolhida. Pode perguntar até, se eles lhe podem instalar o wordpress no seu idioma, é menos um trabalho para si. Não tenha medo de fazer perguntas, se eles estiverem interessados em vender o dever deles é ser o máximo atenciosos.

 

Conclusão

Este é o 2º passo a dar ao colocar as mãos na massa, quando começar a fazer um blog. Na minha opinião, são estas as recomendações que devem seguir depois da primeira fase do planeamento do seu projeto.

No próximo artigo vou descrever como começar o trabalho prático para fazer um blog, instalação (caso seja necessário ainda), configuração e publicação do seu blog. Espero que no próximo artigo você tenha já contratado o seu domínio e alojamento, não perca tempo, ganhe o hábito de ir aprendendo e ir fazendo. Contrate agora mesmo a sua empresa de hospedagem, entre no link em baixo.

Se mora em Portugal ou no Brasil clique aqui e escolha uma destas estas empresas

Não perca o próximo artigo sobre este assunto! Fique atento.

 

Subscreva o meu Blog via email na barra lateral do meu Website.

Inscreva-se aqui na minha Newsletter para habilitar-se a ganhar prémios e a receber mais informação útil sobre este e outros assuntos.

Até Breve 😉


Subscreva Este Blog Via E-mail

Digite seu endereço de e-mail para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email

Gostou da apresentação? Deixe um comentário…

%d bloggers like this: