Aprender a Desaprender é o Caminho Para Enriquecer o Conhecimento

Aprender a Desaprender é o Caminho Para Enriquecer o ConhecimentoNão podemos ser Ignorantes, daqui para a frente deixar aquilo que acreditamos e aceitar novas realidades será muito difícil, mas é o caminho a seguir para enriquecer o conhecimento. É preciso reinventar, aprender a desaprender mudar paradigmas de tudo o que está certo ou errado.

No mundo em que vivemos foram criadas demasiadas regras baseadas na nossa história, se quisermos prosperar temos de aprender a desaprender para quebrar essas regras.

Temos que lutar conta uma justiça social mentirosa com uma estrutura capitalista que quer manter o seu império a qualquer preço, nem que para isso custe a vida do ser humano mais fraco.

Para mudar isso, e conseguir enriquecimento e conhecimento o primeiro passo é descartar, todos nós já tentamos convencer pessoas a descartar objetos e coisas, sabemos como é difícil, a resistência é excessivamente grande para estas coisas físicas e materiais. Agora imagine como é difícil descartar ideias e teorias antigas, verdades e preceitos que eram absolutos que construímos e carregamos ao longo de nossas vidas.

Mas como é difícil mudar isso… Alguém dirá agora sou velho para aprender a desaprender …

Para aprender a desaprender temos que descartar, desobedecer e desrespeitar o status de quem tem o poder de criar essas regras capitalistas caducas que protegem os imorais do império no mundo em que nos encontramos. Mas desobedecer não significa afrontar ou desafrontar com terrorismo de vingança, a defronta fica por conta do nosso olhar e executar contestando o velho princípio de conformidade.

Desobedecer significa; Não seguir as regras impostas; significa ousar, contornar, quebrar a lógica da conformidade; fazer diferente. Insistir na mudança de paradigma, idealizar um bom negocio, não optar por um posto de trabalho onde o ser humano é obrigado a trabalhar 40 horas semanais, isso foi o que os nossos históricos aprenderam, também estava certo! Mas isso era no tempo deles.

A punição frequente de toda e qualquer desobediência, quer por meio jurídico, quer por meio de coimas exageradas de quem desrespeitou essas regras caducas, impede o desenvolvimento de uma das atitudes mais essenciais para a aprendizagem neste novo século: É preciso ser eficaz e quebrar paradigmas, ousar, reaprender e ensinar a aprender a desaprender .

Quando se trata de pessoas que nasceram já com status é muito impertinente terem que ser educados para a mudança, ainda mais para a reconfiguração constante, elas acabam sempre reprimindo permanentemente a ousadia de quem tem uma forma de pensar diferente, porque não está em conformidade com a Lei.

Temos de aprender definitivamente que tudo aquilo que hoje está errado amanhã poderá estar certo. Os juízes, educadores, economistas e gestores confundem frequentemente contestação da conformidade com falta de respeito, impedindo assim um ambiente evoluído de aprendizado.

Midia Offer Surf

Os velhos professores estão cada vez mais inseguros para aprender a desaprender, pois, os alunos hoje em dia assistem à televisão, estão ligados à Internet e brincam com o computador em casa, ou viajam regularmente e participam em algumas discussões e decisões no seu grupo académico e nos seus lares. Não adieta proibir ou esconder, eles estão informados e sabem bem o que não querem.

Eu quando era pequeno ouvia muitas histórias e, muitas vezes, não tínhamos habilidade de argumentar e questionar novas modas e modelos de consumo. Estas novas gerações não aceitam histórias mal fundamentadas. As suas perceções e o acesso às informações disponíveis no ambiente de redes sociais, são as suas referências e usam-nas para colocar o sistema em contradição.

Seja nas corporações ou nas instituições de ensino esta nova geração questiona todas as regras e estruturas. Discordando de burocracias e processos inúteis, os seus modelos mentais simplificam tudo em seu redor. Nascidos na era da internet e globalização, esta geração está habituada às mudanças constantes porque querem ser libertados para um futuro melhor.

Diferentemente os seus pais que nasceram numa geração de poupança económica e não mudaram de mentalidade, estes nasceram numa sociedade de consumo onde quanto mais se tem mais se gasta, sentem-se à vontade quando ligam ao mesmo tempo a televisão, o rádio, o telefone, música e internet. É a nova era do seculo XXI, ninguém vai conseguir travar

Um dos desafios mais importantes impostos às organizações da sociedade do conhecimento é o desenvolvimento de práticas sistemáticas para administrar o desenvolvimento pessoal, abandonando o velho ensino e aprendendo a criar um novo modelo numa escola de vida financeira com  auto-conhecimento, o chamado: Coaching pessoal.

Coaching pessoal: (treinador, numa tradução Inglês) capacita as pessoas na sua autorrealização, pelo alcance de suas metas, alinhando-as para uma vida equilibrada com enriquecimento e conhecimento, missão e propósito de vida. A meta a ser trabalhada pode estar em qualquer área da vida da pessoa, como saúde, relacionamentos, espiritualidade, finanças, carreira, administração do tempo, família, etc. Atualmente existem vários tipos de coaching pessoal, entre eles: Coaching de Casamento (ou de noivas), Coaching para Emagrecimento, Coaching Teen® para Jovens e Adolescentes, Coaching Financeiro, e afins.

Reunindo, todas as informações que relatei até agora, deve ter chegado à conclusão que não resta alternativa para ter enriquecimento e conhecimento, a não ser aprender a desaprender e a reaprender. Esse será o desafio constante que cada um de nós irá enfrentar daqui pra frente. Quebrar a Logica da conformidade é aprender a desaprender e a ser incoerente, pois a vida é incoerente por natureza. Esqueçam a coerência e a conformidade, virtude tão exigida pela sociedade.

Prefiram a inteligência de saber posicionar-se diante de novas situações com enriquecimento e conhecimento, novos ambientes de relacionamentos. A incrível velocidade do pensamento altera tudo constantemente.

Como diz o Alvin Toffler :

“Os analfabetos do século XXI não serão aqueles que não sabem ler nem escrever, mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender.” 

Prescinda por algum tempo do seu anterior aprendizado e vai ver que, quase tudo que aprendeu antes, afinal pode estar errado.

Aprenda, desaprenda e reaprenda com mente aberta e livre para absorver outras ideias. O futuro a Deus pertence mas nós homens e mulheres fomos colocados no mundo para aprender a desaprender, empreender, descobrir, inovar; e não para sermos escravos do trabalho.


Subscreva Este Blog Via E-mail

Digite seu endereço de e-mail para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email

Gostou da apresentação? Deixe um comentário…

%d bloggers like this: